::.. Coloque este blog em seus favoritos | Imprensa Marrom - Ano VI | Fale com o editor ..::

::..Arquivos..::
2 0 0 1
Jul | Ago | Set
Out | Nov | Dez
2 0 0 2
Jan | Fev | Mar
Abr | Mai | Jun
Jul | Ago | Set
Out | Nov | Dez
2 0 0 3
Jan | Fev | Mar
Abr | Mai | Jun
Jul | Ago | Set
Out | Nov | Dez
2 0 0 4
Jan | Fev | Mar
Abr | Mai | Jun
Jul | Ago | Set
Out | Nov | Dez
2 0 0 5
Jan | Fev | Mar
Abr | Mai | Jun
Jul | Ago | Set
Out | Nov | Dez
2 0 0 6
Jan | Fev | Mar
Abr | Mai | Jun
Jul | Ago | Set
Out | Nov | Dez
::..Os Blogs..::
Ah, Bravo Figaro!
Aquém da Imaginação
Arte Musical
Blog de Rua
Blogueira dos Enta
Butuca Ligada
Claudia Telles
Chatterbox
Dadarquia
Dennis D.
...Eeepa!!!
Estrelinha
Gente
InternETC
Interney
Jambock Times
Kibe Loco
Livro de Areia
Marianna Leporace
Mentecapta
Nêga do Leite
Oh la la Mag
Pão na Chapa
Papel Pop
Paranóia Delirante
Perto do coração...
Private O' Peter
Quarto 1222
Salón Comedor
Satyricon
Sounds of Silence
Sim, eu odeio sopa
Tá pensando o quê?
What it feels...
Zhion
::..Bloglicious..::
1001 coisas
32 dentes
Prato Fundo
Andrea Rodrigues
Chucrute com Salsicha
Feito em Casa
Frugal, mas nem tanto
Garfada
Momentos...
Na Cozinha da Gi
nhami!
Rainhas do Lar
Senhor Prendado
Toque Blanche
Trem Bom
::..Non Blogs..::
O Globo on line
JB on line
Estado de S. Paulo
New York Times
The Guardian
Le Monde
Google
Les Desaux
M-Música
Terra
IMDb
Submarino
Site Meter
Som Livre
Bradesco
BB
Séries Online
SuperLisa
Harry Connick, Jr.
Blogger Brasil
Babel Fish
Gmail
Orkut
Multiply
Link
Hotmail
::..Sam Trooper..::
::..Blogchalk..::

Samuel/Male. Lives in Brazil/RJ/Rio de Janeiro/Tijuca, speaks Portuguese and English. Spends 40% of daytime online. Uses a Fast (128k-512k) connection.
This is my blogchalk:
Brazil, RJ, Rio de Janeiro, Tijuca, Portuguese, English, Samuel, Male.

::..Visitas..::
::..Comentários..::
Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com
::..Viaje!..::

Next

Random

List






O Ponto de Encontro dos Blogueiros do Brasil
::..Eu apóio..::

::.. domingo, novembro 30, 2003 ..::

Canários yankees

Como se não bastasse o enorme leque de futilidades que a gente consome semanalmente, eu agora cismei de assistir ao reallity show American Idol. Pra quem não conhece, o programa é uma mistura de Fama com Programa do Raul Gil. A diferença principal é que a gente consegue entender o que os candidatos do programa estrangeiro cantam. E ainda tem a Paula Abdul como jurada!

Uma pena é a perda do fator surpresa, uma vez que o programa já terminou há meses nos EUA, enquanto que aqui ainda está sendo exibida a terceira fase da final. É só dar uma olhada no site do programa para se descobrir quem foi o vencedor. Na verdade, essa é a segunda versão do American Idol e já há uma terceira marcada para ir ao ar em janeiro de 2004.

Eu assisto aos shows exibidos na segunda-feira, que é o dia em que eles cantam. Aos domingos rolam as eliminatórias. Nem adianta torcer, mas, apesar de admirar o talento do vencedor, meu preferido é sem dúvida o jovem Clay Aiken. Voz, musicalidade e interpretações estupendas.

Graças ao Kazaa, já baixei um monte de participações dele no programa e algumas faixas do Cd que ele já gravou. Segundo o site do programa, mesmo não tendo vencido, o Cd de Clay Aiken está vendendo que nem água.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:20 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. quinta-feira, novembro 27, 2003 ..::
Thanksgiving Dei Day

Seguindo a tradição judaico-budista-cristã desse ser agnóstico que vos escreve, hoje é o dia de montar a Árvore de Natal, que permanece na sala até o Dia de Reis.

Quanto ao dia de hoje, aqui em casa vamos colaborar com a campanha do post abaixo e deixar o peru de fora. E lembrem-se:
Há 70 maneiras de se comemorar o Dia de Ação de Graças, comer peru é apenas uma delas. Ainda há, pelo menos, 69 para experimentar!

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 3:15 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
Em Brasília, 19 horas...

Neste instante, passaremos a transmitir, em cadeia blogofônica nacional, o discurso do Exmo. Sr. Presidente do Sindicato dos Perus de Véspera, por ocasião do Dia de Ação de Graças:

"Prezados colegas associados, o mundo globalizado tem nos deixado em maus lençóis. Há poucos anos parecia que finalmente tinham nos dado uma trégua. O número de nossos semelhantes abatidos por ocasião das festividades de fim de ano havia decrescido consideravelmente como conseqüência do aumento do consumo de Tender e Pernil, bem como da inserção do Chester no mercado.

No entanto, o consumidor brasileiro volta a ser bombardeado pela cultura americana, que agora sugere a comemoração do Dia de Ação de Graças (Thanksgiving Day) em terras tupiniquins, voltando a sacrificar milhares de companheiros nossos. Não podemos permitir que uma campanha dessas coloque por terra nossas conquistas de anos (sem trocadilho, por favor).

Vamos começar imediatamente uma campanha contra o abate. Faremos dieta ou greve de fome, se preciso for. Não deixaremos peru nenhum crescer. O mercado não se interessará por nós se estivermos magros e com pouca gordura.

Tão logo termine o discurso, serviremos um banquete para marcar o início de nossa greve. Todos os sindicalizados estão convidados a se fartar com lombo fresco. Para matar a sede, serviremos leite em abundância. Boa noite!"

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:27 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. segunda-feira, novembro 24, 2003 ..::
Fã-clube (non sense)

- E aí, vai ver o Luigi Baricelli fazendo papel de Jesus Cristo no filme do Padre Marcelo?
- Tá louca? Aí é que eu vou direto pro inferno sem escalas!
- Mas aposto que já mandou sua cartinha pro Caminhão do Faustão...
- E você nem imagina como meus dentes andam limpinhos...

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 1:22 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. sábado, novembro 22, 2003 ..::
Bate na caixa, bate no tambor,
Santa Cecília protege o tocador.

Hoje é Dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos. É também o aniversário de meu amigo Elias, um excelente músico, que mora em New Jersey. Parabéns a todos aqueles que compõem e interpretam a trilha sonora de nossas vidas.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 4:51 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
Josivando, o justiceiro solitário - 4º episódio

Josivando ficou muito triste quando soube que Farrah Fawcett havia deixado o seriado As Panteras. O moleque tinha uma fixação pela personagem de Farrah, Jill Munroe. Uma noite, chegou a sonhar que tinha aprendido a imitar perfeitamente a misteriosa voz de Charlie e, com isso, conseguira atrair a atenção de Jill até a sua casa:

- Bosley? Invente uma desculpa para as outras meninas que a Jill está aqui comigo...
- Mas Charlie, e a sua identidade secreta?
- Ela já descobriu, Bosley! Está bem aqui com meus documentos na mão...
- Charlie, deixe-me falar com ela... vamos ter de demiti-la da agência!
- Vemos isso depois, Bosley, no momento ela não está podendo falar...


Josivando continua a sonhar com a loira ajoelhada à sua frente, rezando a cartilha do prazer, até que acordou sobressaltado e pulou da cama para trocar o pijama molhado.

Coincidentemente, no dia seguinte, o papo mais quente da escola era a respeito de uma foto desinibida de Farrah Fawcett, que saíra na revista Manchete. A loira tinha sido fotografada saindo de um carro usando uma microssaia sem calcinha. Era tudo o que Josivando sempre sonhara, mas como conseguir a revista? Chegando a casa, o moleque começa a perturbar a mãe:

- Mãe, não vai comprar a Manchete esta semana?
- Ainda não resolvi, Josivando.
- Mas mãe, tem uma matéria lá que eu estou precisando pra fazer um trabalho.
- Tá bom, amanhã eu compro.
- Não, mãe, dá o dinheiro que eu vou lá comprar...


Êxito obtido, Josivando corre com a revista pro quarto e se tranca pra fazer seu "trabalho". Lá estava a famosa foto, com a sugestiva legenda "A aranha da pantera", na qual se comprovava que a atriz era uma autêntica loira. Algumas horas mais tarde, o menino sai do quarto só pra jantar e volta, logo em seguida, para dar continuidade aos trabalhos.

No dia seguinte, pela manhã, antes de o moleque sair para a escola, sua mãe lhe dá uma chamada:

- Josivando Carlos, vê se passa na banca de jornal e troca essa revista, que ela veio com quatro páginas coladas.
- Xi!...


------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 11:12 AM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. quinta-feira, novembro 20, 2003 ..::
Segredos da cozinha
(Para quem não acredita em culinária erótica)

- Continua mexendo que já está engrossando!
- Abaixa esse fogo, está muito quente!
- Está meio seco, vou colocar um pouquinho de azeite.
- Humm, delícia! Quero comer de novo...

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 8:36 AM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. quarta-feira, novembro 19, 2003 ..::
Conexão Brilho

Pronto! Agora não preciso mais ficar com inveja do Jean (é que eu moro um cadin mais longe docê, minerin). Chegou pra mim também o Cd Razzle Dazzle, o novíssimo álbum do coro em que o Alverson canta. Um presente sempre bem vindo do Brilho. O cd está ótimo: arranjos corais e instrumentação de primeira! A última peça é uma surpreendente leitura de New York! New York!, que deve ter dado muito trabalho ao coro. Valeu, amigão!


------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 12:12 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. sábado, novembro 15, 2003 ..::
Josivando, o justiceiro solitário - 3º episódio

Josivando não perdia a Buzina do Chacrinha nas tardes de sábado. Não que o estilo musical do programa lhe agradasse, mas porque as chacretes eram fontes preciosas de inspiração para as suas atividades noturnas. O problema era que a família toda se reunia em frente à tevê e isso frustrava um pouco seu desejo de fazer o "trabalho sujo" ao vivo.

Até que Josivando bolou um plano. Juntou os trocados de sua mesada e, na semana do aniversário de sua irmãzinha, deu a grana de presente para que ela fosse com os pais ao Circo Orlando Orfei, na Praça Onze.

Quando chegou o sábado, a família saiu para ir ao circo, enquanto o moleque se trancava na sala de casa, aguardando o programa. Para azar do menino, a programação atrasou e o rebolado das chacretes começou bem mais tarde. Conforme o Velho Guerreiro ia anunciando o show das mocinhas, Josivando ia covardemente esfolando a buzina:

- Sarita Catatau!
- Maravilha...

- Leda Zeppelin!
- Beleza...

- Lia Hollywood!
- Hummm...

- Fátima Boa Viagem!
- Vem comigo, vem...

- Dalva Garça Dourada!
- Vem, minha estrela...

- Gracinha Copacabana!
- Rebola pra mim, vai...

- Índia Amazonense!
- Tô dentro...

- Fernanda Terremoto!
- Isso, baby, já tô tremendo...

- Sueli Pingo de Ouro!
- Tá pingando, neném...

- E agora: ela, Rita Cadillac...

No mesmo instante em que Josivando começa a sentir aqueles espasmos característicos de quem alcançou o Nirvana, espalhando a semente da vida pelo chão da sala, sua família chega a casa, e a maçaneta da porta começa se movimentar:

"Roda, roda, roda e avisa..."

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 1:58 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. quinta-feira, novembro 13, 2003 ..::
Dógui Istáili

Minha irmã adotou um outro cão. Mesmo depois de dizer que não teria outro, após a perda de "Yuri, o poodle iconoclasta", no ano passado. Dessa vez foi um Dash Hound. Tirei uma foto dele (com um mês de idade) e fiz uma arte com o nome do fofo:


------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 11:06 AM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. quarta-feira, novembro 12, 2003 ..::
Caso quase verídico*

Alertado sobre as propriedades fitoterápicas do nabo no tratamento da sinusite, empreendi uma cruzada para comprar o legume. Estava eu voltando do mercado e falando ao celular, quando entro no elevador com uma senhora. Do outro lado da linha me perguntam se eu havia achado o legume:

- Nabo? Se tinha no mercado, eu não vi - respondi, segundos antes de levar uma guarda-chuvada na cabeça.

Depois de encontrar o legume, levar pra casa, ralar e espremer, aplico o troço e me benzo, porque além de arder, fede que só ele! No outro dia, de novo ao celular no elevador, entra a mesma velhinha, quando me perguntam do outro lado da linha:

- E aí? Começou a fazer o tratamento com...
- Nabo? Cê tinha de ver como fede!
- Tô fora - responde o interlocutor - Prefiro a sinusite!
- Duvido! Nabo: um dia você também vai experimentar...

Pimba! Tomei outra guarda-chuvada e até agora estou sem saber que problema essa senhora tem com o legume.

(*) Levemente baseado num episódio familiar.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 7:13 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. domingo, novembro 09, 2003 ..::
Abalou Nova Iorque em chamas!


É hoje a estréia brasileira do mais bandeiroso, pintoso, poderoso e absoluto reallity show da tevê, o Queer Eye for the Straight Guy. Cinco gays, consultores em diversas áreas, dão um banho de loja, estilo, cultura, entre outras coisas, em um cara hétero, daquele tipo largadão que não dá prioridade para essas coisas. O programa vai ao ar às 20h30m, pelo Canal Sony (TVA/Net).

Essa noite, eu vou à Fundição Progresso para ver nossa amiga Juliana, que está no espetáculo "Sonhos de Einstein", com a Intrépida Trupe, mas o VCR vai ficar ligadão.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:38 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. sábado, novembro 08, 2003 ..::
Que mêda!

Estou aqui no quarto, ao computador, enquanto Raul Gil corre solto lá na sala. Confesso que tenho de ir lá ver o que meus ouvidos se recusam a acreditar terem escutado. Primeiro, um clone de Alexandre Pires cantando Gonzaguinha num estilo Whitney Houston. Depois uma louca, que acha que tem voz pra cantar Verdi, tirando a roupa pra continuar matando Rigoleto, com o auxílio de uma bateria programada, no pior estilo "teclado de churrascaria". Fala sério! Aquilo é o Grande Circo dos Horrores.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:56 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
Trilogia do mês

Ontem eu assisti a Matrix. Não, você não está entendendo. Não foi o Revolutions. Nem tão pouco o Reloaded. Foi o primeirinho, até que enfim! Agora eu tento alugar o segundo filme em DVD e, se ainda estiver em cartaz até o fim do mês, assisto ao Revolutions no cinema. Quem sabe no mês que vem eu faça o mesmo esquema com Lord of the Rings?
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:38 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
Josivando, o justiceiro solitário - 2º episódio

Josivando adorava uma boa série policial. Uma de suas favoritas era a do Kojak, o famoso detetive vivido pelo ator Telly Savallas. O programa era exibido tarde da noite, quando todo mundo em sua casa já tinha ido dormir. Era também a hora em que o rapaz aproveitava a solidão da sala para fazer justiça com as próprias mãos, tal qual o herói da TV.

Deitado no sofá, Josivando dedicava-se com avidez aos trabalhos manuais, fazendo com que as molas do móvel rangessem. De lá do quarto, seus pais se perguntavam:

- Que barulho é esse, Josicléa?
- É teu filho lá na sala, Vando!

O rapaz, entusiasmado, começa a esboçar suspiros descompassados como se estivesse sentindo algum tipo de dor. Seus pais escutavam:

- Esse menino ainda tá vendo televisão?
- É o programa daquele detetive careca...

Josivando começa a gemer mais intensamente até que, na hora H, sua mãe grita lá do quarto:

- Josivando Carlos, quer largar esse careca e ir dormir!

Josivando ainda consegue reunir forças para responder com um grito abafado:

- Tô innnnnnnn-dooooo...

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 8:24 AM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. quinta-feira, novembro 06, 2003 ..::
O Quiz do Patrão

Rá-rai! Essa até minha filha, que tem Q.I. de ameba, acertaria. Valendo dez pontos. Pianista José, seis notas para a cantora Gretchen. Qual é a música?

Pablo, canta aí nos comentários!

------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 1:55 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. terça-feira, novembro 04, 2003 ..::
Descanse em paz

Não fosse uma sutil mudança no estatuto da Academia Brasileira de Letras, que dizia que "só escritores brasileiros" poderiam ser eleitos, Rachel de Queiroz não teria entrado para a academia em 1977. Com isso, tornou-se a primeira "imortal". Infelizmente, para nós, o tempo dela neste mundo se esgotou. Rachel faleceu esta madrugada em seu apartamento no Leblon. Treze dias antes de completar 93 anos.

Deixou uma obra inesquecível. "O Quinze", romance escrito aos vinte anos, foi baseado na terrível seca de 1915, que fez com que sua família viesse para o Rio de Janeiro. "O Memorial de Maria Moura" é a obra mais conhecida e virou minissérie de sucesso na Rede Globo.

O presidente da ABL disse que ficamos mais pobres sem Rachel. Verdade! E a academia principalmente, uma vez que a cada grande escritor que morre, um fiasco é eleito em seu lugar.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:58 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------

Chegou o dia 4 de novembro. Este ano, eu não me esqueci. Aniversário de um amigo que conheço há muitos anos. Dezessete, para ser exato. Não fomos amigos todo esse tempo. Fomos colegas de estudo, cantamos no mesmo coro, participávamos da mesma orquestra. Depois nos separamos. Cada um foi pro seu canto. Ele foi pra São Paulo, África do Sul, rodou a Europa e agora está morando em Boston.

Nesse meio tempo nos reencontramos várias vezes, conversamos pessoalemte e por e-mail, e foi por aí que a amizade cresceu. Pessoa generosa, presenteia os amigos sempre na base da surpresa.

O apelido "Brilho" é coisa antiga, que estava esquecida, e foi retomado por conta dos blogs. Ele diz que não gosta de seu nome. Eu gosto. Mas o apelido lhe cai muito bem. É, de verdade, uma pessoa brilhante. Como estudante, professor, teólogo e acima de tudo, como ser humano.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 2:01 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. segunda-feira, novembro 03, 2003 ..::
O nome do treco

Por falar em cozinha, uns dois anos atrás, eu rodava uns mercados para comprar utensílios domésticos, quando me deparei com um pacote contendo aqueles arames encapados de plástico, que servem para fechar sacos de pão-de-forma, entre outras coisas. Eram 20 "trequinhos" (eu nunca sei o nome das coisas!) por R$ 5. Um absurdo! Além de venderem aquilo, ainda cobravam um preço exorbitante.

Desde aquela época, passei a guardar os "trequinhos" coloridos. Sempre que preciso fechar um pacote de acúcar, café, farinha, entre outros gêneros alimentícios, e só abrir a gaveta e catar um daqueles. Outro dia é que fui reparar que eu tinha o suficiente para comprar um cd ou um livro. Será que o mercado topa trocar?

Para não ficar só no blá-blá-blá, fotografei os trequinhos para ajudar na compreensão desse texto, se é que alguém ainda não sacou do que é que estava falando.


------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 4:44 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
A gente não quer só comida...

A Maravilhosa Cozinha do Sam (MCS) vem a publico agradecer a honrosa dedicatória de uma belíssima série de imagens que fazem parte do acervo do fotógrafo Sérgio Giovanni Alves.


Conheça mais sobre o trabalho do artista visitando o seu fotolog.
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 3:33 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------
::.. sábado, novembro 01, 2003 ..::
Notícias do front

Acabei de escrever o terceiro episódio da séria série "Josivando, o justiceiro solitário". Há muito tempo que o texto estava travado na fase de pesquisa até que resolvi ressuscitar o herói, a pedido do amigo Brilho. O problema é que não estou achando o segundo episódio. Vou dar mais uma procurada. Como não é minha intenção deixar meus leitores na mão, se eu não encontrar, eu reescrevo. Por enquanto, fiquem com o post que deu origem à série:

O Justiceiro Solitário

Josivando viveu intensamente a década de 70. Todo domingo pela manhã jogava pelada com os amigos, mas largava a bola correndo pra chegar a casa a tempo de ver a Gretchen competindo no "Qual é a música?", do Sílvio Santos. Ele ficava alucinado com aquela buzanfa toda:
— Sete notas, patrão? Tá muito difícil! — balbuciava a rainha do rebolado, com o dedinho no canto da boca.
Quando acabava o programa, Josivando saía correndo para o banheiro pra tomar aquele banho de 40 minutos:
"Tudo era apenas uma brincadeira, que foi crescendo, crescendo..."
Nessa hora, a mãe batia na porta, atrapalhando o justiceito:
— Menino, termina com esse banho, que a comida tá na mesa!
"Conga, la conga... Conga, conga, conga" — Josivando apressava o ritmo.
— Desliga esse chuveiro, Josivando Carlos, que eu não sou sócia da Light — insistia a coroa.
"Piri-piri-piri-pi... Aau, uh, aaaaaaaaaaaahhhh!" — gritou o moleque, na mesma hora em que teve um treco.
O pai arrombou a porta e levou Josivando pra emergência do Salgado Filho:
— E aí, guri, o que você anda comendo? — perguntou o médico.
— O problema é esse, doutor. Eu não ando comendo nada...
------------------------------------------------------------------------
| editado por Samuel A. Crespo | 8:48 PM | | + |
------------------------------------------------------------------------

This page is powered by Blogger. Isn't yours?